O que estratégias de marketing têm a ver com religião? Em sua segunda obra de não ficção, o publicitário, roteirista e escritor Adilson Xavier traça uma conexão não só entre a publicidade e a narrativa bíblica, mas afirma com propriedade que os judeus são “os mestres do storytelling”. No mínimo, a ligação desperta curiosidade.

storytelling historias que deixam marcasStorytelling – Histórias que deixam marcas” é o tipo de leitura que te envolve desde a primeira frase. Aos amigos a quem indico, já deixo o alerta: para ler, não é necessário ser um entusiasta desse formato de texto ou da publicidade.

Em cerca de 300 páginas que tratam o significado como primordial em qualquer criação, Xavier traça um panorama abundante a respeito do storytelling, um dos assuntos mais quentes da atualidade quando se trata de comunicação e marketing. E como não poderia deixar de ser, dado o tema, desenvolve a narrativa com maestria e profundidade.

Após breves – mas não dispensáveis – definições, o autor utiliza duas histórias que têm muito em comum para provar seu ponto: a bíblica “Torre de Babel”, presente em Gênesis, e “The city coat of arms”, de Franz Kakfa. Para Xavier, ambas ressaltam um aspecto perigosíssimo daquilo que empreendemos em busca de um objetivo, que é a nossa trágica dificuldade de comunicação. Daí, segundo o desenrolar da obra, o peso de uma história bem contada.

Desses conceitos de raiz, fundamentais e profundos, o livro parte para uma narrativa mais técnica antes de chegar à diversão: os estudos de caso. Com o auxílio de QR codes para ilustrar o que escreve, o autor conta, comenta e analisa ações de storytelling de grandes marcas e nos surpreende com casos brilhantes. Nike, Disney, Apple, Johnnie Walker, Diesel estão entre os exemplos utilizados. Disto, aborda ainda a transmídia, a gamificação e os telles, builders e doers, profissionais do storytelling.

Com o texto, o publicitário nos brinda com argumentos para aquilo que acredita: que só por meio de histórias nossa vida ganha significado, que são elas que geram e sustentam valor. Defendemo-nos com histórias, amamos por causa de histórias. Elas são, portanto, o sentido à vida.

“Storytelling – Histórias que deixam marcas” está disponível na livraria Cultura, Saraiva e também em eBook pela Amazon. O livro pode ser encontrado ainda usado, no site Estante Virtual. Os preços variam entre R$ 30 e R$ 43.

Melissa Resch
Redatora e assessora de imprensa na AlfaBeta Comunicação Estratégica